17 de set de 2012

Inovações tecnológicas que foram barradas

Apesar de promissoras, muitas invenções foram interrompidas rapidamente. Teriam elas desafiado a lógica do mercado e ameaçado o lucro de grandes grupos?

Muitas vezes, invenções e conceitos não chegam a alcançar toda a glória que merecem, tornando-se sucessos de venda e mudando, de certa forma, o rumo do mercado e das inovações tecnológicas.

Há quem acredite que as novidades apenas estavam à frente de seu tempo e, por isso, traziam falhas de projeto que levaram a uma baixa aceitação pelo público. Entretanto, existem casos em que a inovação era tão grande que poderia, facilmente, superar grandes grupos que dominam o mercado.

Exemplo disso é o carro elétrico da "General Motors" que subitamente foi retirado do mercado apesar das boas prestações técnicas que os primeiros protótipos alcançaram.




Ler artigo parcial aqui

Ler original completo "The 18 Most Suppressed Inventions Ever" aqui

Nenhum comentário:

Biblioteca do Blog

Como Estudar

Ver vídeo aqui

Lições de Ética

ver vídeo aqui e aqui

Autismo

Ver vídeo (foolish Wise ones) aqui e aqui

Léxico de Psi.

Emotional intelligence Type of intelligence defined as the abilities to perceive, appraise, and express emotions accurately and appropriately, to use emotions to facilitate thinking, to understand and analyze emotions, to use emotional knowledge effectively, and to regulate one's emotions to promote both emotional and intellectual growth.

Glossário de Psicologia Clicar aqui

Conceito de Mãe: Apesar de algumas competências exigidas a uma “mãe”, para criar e/ou educar uma criança, se relacionarem com a vertente biológica, a maior parte delas são desenvolvidas por aprendizagem social. Assim, quando falamos em “mãe”, não estamos propriamente a referir-nos à mulher que dá à luz, mas sim a um adulto significativo possuidor das competências necessárias para cuidar de um bebé e que, dispondo de tempo para dedicar à criança, se mostra capaz de lhe proporcionar experiências positivas, estimulantes, e de lhe dispensar a atenção e o afecto necessários, de forma a possibilitar o desenvolvimento das suas potencialidades.

J. S., n.º14, 12º ano CAD