16 de fev de 2013

Textos para 10º Ano

Alguns textos de apoio sobre as teorias da liberdade. São possibilidades de ajuda para completar estudo e dissipar dúvidas. Clicar aqui, aqui e aqui. Não deixar de consultar na biblioteca os textos de apoio ao 10º ano.

Argumentos Cartesianos sobre Deus 11º Ano

Foi adicionado à biblioteca um documento sobre os argumentos cartesianos sobre a existência de Deus... Clicar aqui.

12 de fev de 2013

Regras dos silogismos

É fácil de verificar que parece existirem algumas diferenças na enunciação das regras silogísticas. No entanto o resultado final é o mesmo. A título de exemplo disponibilizam-se dois casos, sendo que um deles (do Prof. Dr. Manuel dos Santos Lourenço) é o autor recomendado pelo programa em vigor. Ver aqui e aqui.

11 de fev de 2013

Teste 11º Ano

Documento sobre a prova da existência de Deus em Descartes, colocado na biblioteca do blog, clicar aqui

10 de fev de 2013

Conteúdos para o próximo teste do 10º Ano

Do respetivo manual adotado os conteúdos a sair vão da página 40 a 109. Durante as próximas aulas serão esclarecidos alguns pequenos pormenores que ficaram em aberto.

3 de fev de 2013

Videos de apoio às aulas

Os vídeos de apoio às aulas encontram-se no blog com a designação de "vídeos temáticos"

Biblioteca do Blog

Como Estudar

Ver vídeo aqui

Lições de Ética

ver vídeo aqui e aqui

Autismo

Ver vídeo (foolish Wise ones) aqui e aqui

Léxico de Psi.

Emotional intelligence Type of intelligence defined as the abilities to perceive, appraise, and express emotions accurately and appropriately, to use emotions to facilitate thinking, to understand and analyze emotions, to use emotional knowledge effectively, and to regulate one's emotions to promote both emotional and intellectual growth.

Glossário de Psicologia Clicar aqui

Conceito de Mãe: Apesar de algumas competências exigidas a uma “mãe”, para criar e/ou educar uma criança, se relacionarem com a vertente biológica, a maior parte delas são desenvolvidas por aprendizagem social. Assim, quando falamos em “mãe”, não estamos propriamente a referir-nos à mulher que dá à luz, mas sim a um adulto significativo possuidor das competências necessárias para cuidar de um bebé e que, dispondo de tempo para dedicar à criança, se mostra capaz de lhe proporcionar experiências positivas, estimulantes, e de lhe dispensar a atenção e o afecto necessários, de forma a possibilitar o desenvolvimento das suas potencialidades.

J. S., n.º14, 12º ano CAD